Linkar

O leitor Alexandre Teles pergunta “qual o significado da palavra ‘linkar’, que é tão usada por vocês, jornalistas”. Linkar (que talvez vire “lincar” um dia, ou talvez não) vem de link, palavra da língua inglesa que quer dizer, literalmente, elo, e que por aqui importamos recentemente num pacote gigantesco, o de termos da informática. “Linkar” significa criar um link (sem itálico, por favor, que a figurinha já é fácil demais) num texto, ou seja, estabelecer um elo, uma ligação com outra página, outro texto, que o leitor pode abrir clicando numa palavra ou grupo de palavras. O link, base de qualquer hipertexto, é anterior à internet, mas foi na grande rede que encontrou sua apoteose.

Naturalmente – porque é assim que as línguas trabalham – não demorou para que os links ganhassem uso também metafórico, passando a designar ligações e afinidades em qualquer campo, até em cantadas ruins: “Sabe, gata, eu sinto que existe um link entre a gente”. Mas a porta de entrada da palavra em nosso vocabulário foi mesmo a informática, um campo em que, por razões variadas e com poucas exceções, os termos técnicos foram adotados sem tradução.

Pescado No Mínimo “A palavra é…” por Sergio Rodrigues

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s